Meu novo emprego em São Paulo

Depois de meses procurando um emprego, enviando currículos e até participando de entrevistas, finalmente consegui um emprego como programador Java.

Logo no início desse mês, fui chamado para fazer umas provas a fim de averiguar se eu possuía o conhecimento teórico necessário para preencher a vaga. Fiz a prova em questão no dia 6.

Posteriormente, me chamaram para a segunda fase do processo de seleção, onde fiz uma entrevista de emprego e um teste prático. A entrevista e e este teste foram feitos no dia 10 de julho.

No dia 13, recebi um e-mail me convocando para ir no dia seguinte na empresa a fim de fazer a entrevista final de contratação. A essa altura, eu já estava com quase certeza que eu iria ser contratado. Em tal entrevista, me foram feitas algumas perguntas adicionais, me falaram como seria o cargo na empresa, as condições de trabalho e mais algumas outras coisas. Eu aceitei tais condições e fui informado que eu havia sido contratado para a vaga. Comecei a trabalhar no dia seguinte.

Nos três primeiros dias de trabalho, tive que ir e voltar de São Paulo, foi bastante corrido pelo fato de acordar de madrugada e voltar só de noite, pois o ônibus demora muito, principalmente o ônibus da volta.

Mas a partir dessa última semana, passei a ficar hospedado na casa da Tia Carmen, apesar dela morar um pouco longe do serviço (tenho que pegar ônibus e Metrô, inclusive com baldeação na estação Sé) e de não haver acesso à Internet na casa dela. Mas agora está sendo melhor do que subir e descer todo o dia, inclusive mais barato do que se eu tivesse contratado o ônibus fretado (que vai ficar mais caro do que já tá graças ao prefeito burro daquela cidade).

Nos fins de semana (ou melhor, ao término do expediente das sextas-feiras), eu retorno a Praia Grande para passar o fim de semana. Então, retorno a São Paulo na segunda-feira de manhã, já descansado.

Mas infelizmente, esta semana, acabei pegando uma gripe e passei este fim de semana meio mal, mas já estou recuperado para voltar ao trabalho. Por falar nisso, está havendo uma epidemia de gripe na capital paulista, pelo que vi no telejornal (também, né, com um monte de gente tossindo e espirrando nas estações do Metrô sem pôr a mão na boca e com todo aquele aperto principalmente na estação Sé, ainda mais com este clima frio, não tem como não pegar gripe).

Vou encerrando este post por aqui, ainda mais que eu já escrevi o que eu tinha que escrever e eu já deveria estar dormindo para amanhã eu acordar cedo para ir a São Paulo trabalhar. Até o próximo post (sabe-se lá quando será postado).

Observação: a Tia Carmen em questão é a mesma na qual eu sonhei no dia 30 de Março de 2004, sonho este postado no meu outro blog (o que eu escrevo meus sonhos) no dia 10 de Abril do mesmo ano, ainda no antigo endereço no Blig (ainda antes do blog ser transferido para o UOL Blog), na época que meus relatos de sonhos eram pequenos. Quem quiser conferir o sonho em questão, pode acessá-lo em http://sonhosdoallan.blig.ig.com.br/2004/04/ola-internautas-hoje-eu-irei.html

Anúncios

Comente este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s