Por que o veganismo não faz sentido algum

No post de hoje, que é um post polêmico, assim como os quatro anteriores, irei falar sobre o que eu acho do veganismo (já vou adiantando que a minha opinião é contrária a isso), além de desmistificar a necessidade ou não do consumo de carne por nós seres humanos.

Algumas pessoas optam por não consumir carne vermelha, outras optam por não consumir nada que seja de origem animal. O motivo dessas pessoas não consumirem tais produtos é o fato de que os mesmos são obtidos de forma que o animal no qual originou aquele produto seja maltratado ou morra (e isso é o que acontece na obtenção da carne vermelha).

Algumas pessoas se limitam apenas não comerem carne, estas são consideradas vegetarianas. Algumas outras, apesar de não comerem carne, comem peixes (e eu não vejo coerência nisso). Outras são mais radicais e não comem nada de origem animal, estas são consideradas veganas.

Assim como ocorre com os religiosos, nos quais existem os que apenas praticam sua religião e outros que a pregam (alguns enchendo o saco), há vegetarianos e veganos que optam por não comerem carne e/ou produtos de origem animal mas não pregam isso para outras pessoas, e há os que propagandeiam isso a outros, seja orientando seus conhecidos, seja postando sua ideologia anti-sofrimento animal na Internet pelo Facebook, Orkut, Twitter, Youtube ou outros sites (ou até em sites próprios, como blogs) ou até mesmo participando de protestos em vias públicas e/ou na porta de estabelecimentos comerciais que vendem produtos de origem animal, como o McDonalds. E, assim como alguns religiosos não tão praticantes, há os que se dizem vegetarianos ou veganos, mas comem carne e usam produtos de origem animal às escondidas, estes são considerados hipócritas e se dizem vegetarianos ou veganos mais para passar uma imagem melhor ou mais cool para os outros e/ou ser aceito em algum grupo de amigos, mas isso já é uma outra história e está além do escopo deste post.

Em primeiro lugar, eu considero o veganismo uma hipocrisia, e o vegetarianismo mais ainda. Eles não consomem nada que cause sofrimento aos animais, mas não se importam em consumir produtos que causem sofrimento aos vegetais. Vegetais também sofrem, ainda que não demonstrem isso ou não sangrem quando mortos e/ou maltratados. E alguns vegetais são consumidos ainda vivos, como a chamada comida viva, os brotos de feijão e outras sementes germinadas. Outros são cozidos ainda vivos, como é o caso da cenoura, por exemplo. E o sofrimento dos vegetais é comprovado por pesquisas científicas. Lembro de uma que eu vi que comprovava que as plantas sentem dor quando têm suas folhas arrancadas. Isto sem contar que os veganos não deixam de ter em suas casa móveis feitos de madeira, obtidos através da derrubada das árvores.

Além disso, o nosso organismo precisa de carne, nós precisamos ingerir carne para que nosso organismo tenha as proteínas necessárias para o seu bom funcionamento. Os veganos podem argumentar que as necessidades diárias de proteínas do organismo podem ser supridas por soja e/ou outros vegetais ricos em proteínas. Acontece que o organismo da gente não é adaptado para absorver proteínas vegetais, ele absorve mal as proteínas vegetais. Para uma pessoa suprir suas necessidades de proteínas, se ela fosse consumir soja, que é um dos vegetais que mais contém proteínas, essa pessoa teria que consumir uma quantidade muito grande de soja todos os dias, e soja é um alimento que enjoa se for comer todo o dia, ainda mais que muitas pessoas não gostam de seu gosto característico. Já a carne vermelha, apenas cem gramas consumidos diariamente já seriam suficientes para supor as necessidades de proteínas do organismo.

Além das proteínas, o nosso organismo precisa de outro componente necessário, e este só é provido pelos alimentos de origem animal, que é a vitamina B12. A vitamina B12 até é encontrada em vegetais, mas só e absorvido pelo nosso organismo se for processado pelo organismo de outro animal. Alguns vegetarianos e veganos compensam a falta de vitamina B12 com suplementos alimentares e cápsulas de vitamina B12 sintética, mas se esquecem que tais produtos, ou são testados em animais, ou são obtidos a partir de animais, ou ambos.

Eu conheço dois casos de pessoas que tiveram atrofia no sistema digestivo por não comerem carne, devido à falta de vitamina B12 no organismo. Um é o caso da Vanda, que foi minha terapeuta holística e me receitava florais há alguns anos. Segundo ela própria, ela ficou 20 anos aproximadamente sem comer carne, até que teve problemas no estômago e o médico a diagnosticou com atrofia no sistema digestivo causado por falta de vitamina B12. A partir daí, a Vanda voltou a comer carne. O outro caso ocorreu com uma pessoa mais conhecida, o führer alemão responsável pela morte de seis milhões de judeus, Adolph Hitler. Foi diagnosticado nos últimos anos de sua vida pelo seu médico. Não morreu por causa disso (ele se suicidou, segundo a história oficial), mas que adoeceu, adoeceu sim.

O veganismo e o vegetarianismo não possuem embasamento científico algum, não há estudos científicos comprovando que uma alimentação sem produtos de origem animal é melhor para o nosso organismo do que uma alimentação com carne e ovos, por exemplo, ou comprovando que os alimentos de origem animal são dispensáveis. Tanto é verdade que os médicos recomendam o consumo de alimentos de origem animal, como carne magra (com pouca gordura), leite e ovos.

Já vi na Internet alguma vez em um vídeo e em alguns outros sites que o ser humano seria, na verdade, herbívoro, e teria passado a comer carne por, na pré-história, não saber plantar. Como um dos principais argumentos, foi dito que a arcada dentária do ser humano é semelhante à dos animais herbívoros, como o gorila, enquanto animais carnívoros possuíam arcada dentária diferente, mais adaptada a comer carne. Acontece que o ser humano não é o único animal que tem “arcada dentária com alimentação trocada”. O chimpanzé, assim como nós, também é um animal onívoro, pois, além de frutas e vegetais, também se alimenta de insetos e pequenos roedores, o chimpanzé tem arcada dentária semelhante à nossa. Já o panda, que tem arcada dentária adaptada a comer carne, atualmente se alimenta de bambus (antigamente o panda era carnívoro, mas ele foi meio que expulso de seu habitat natural pelas mãos do homem e teve que mudar sua alimentação para se adaptar ao seu novo habitat, uma região onde praticamente só há bambus).

Além do fato da arcada dentária não ditar a alimentação de uma espécie em específico, os cientistas não encontraram nenhum indício de que o homem já tenha sido um animal herbívoro alguma vez na história da humanidade. E, se a nossa arcada dentária aparenta estar adaptada a comer apenas vegetais, o nosso estômago certamente não está. Se fosse adaptado, além de não haver o problema da vitamina B12 que eu disse há quatro parágrafos atrás, o nosso estômago teria o dobro de seu tamanho e seria do tamanho do estômago dos gorilas. O estômago dos gorilas é duas vezes maior que o nosso para que as proteínas vegetais fiquem mais tempo no mesmo sendo digeridas, possibilitando assim sua absorção maior pelo organismo do primata.

Mas o principal argumento dos veganos para não se consumir produtos de origem animal é, claro, que os mesmos causam sofrimento aos animais. Eu também sou contra o sofrimento desnecessário aos animais para a obtenção de produtos de origem animal, mas o fato é de que a gente precisa ingerir carne e outros alimentos, como eu expliquei nos parágrafos anteriores. A gente precisa tomar vacinas, que são testadas em animais e produzidas muitas vezes usando ovos de galinha. Determinadas pesquisas com animais precisam ser feitas para que novos remédios e tratamentos sejam descobertos. Os veganos argumentam que essas pesquisas deveriam ser feitas com seres humanos ao invés de animais, mas eles se esquecem que os seres humanos também são animais, logo, continuaria a existir experiências com animais. Além disso, há experiências que não podem ser feitas em humanos, pois as mesmas poderiam causar sequelas ou causar a morte. É preferível fazer essas experiências em ratos, que vivem pouco, mas têm o genoma parecido com o nosso, do que em humanos, que vivem muitos anos. Imagine só um cientista causando uma lesão na coluna de uma pessoa para fazer uma experiência de regeneração da coluna com algum tratamento experimental.

Voltando ao assunto do consumo da carne vermelha e demais alimentos de origem animal, os veganos argumentam que o consumo desses alimentos faz com que seja causado mais sofrimento aos animais, principalmente na hora que os mesmos são abatidos para a obtenção da carne. Acontece que nem todos os alimentos causam sofrimento aos animais em sua obtenção. Os ovos, por exemplo, são obtidos sem sofrimento, pois as galinhas botam ovos naturalmente e iriam botar de qualquer jeito se não estivessem sendo criadas para isso. Claro que alguns criadores confinam as galinhas em recintos com as luzes acesas para que as mesmas acreditem que toda hora está de dia, fazendo a produção de ovos aumentar, pois as galinhas tendem a botar dois ovos por dia, mas não creio que isto cause um grande às galinhas. Com relação ao abate de bois e porcos, com exceção de abatedouros clandestinos, que matam os bichos com marretadas na cabeça, os animais são desacordados com um tiro de pistola de ar comprimido e só então são abatidos, decepando suas cabeças, é uma forma de abate com menos sofrimento possível. Não estou dizendo que nunca há sofrimento ao obter os produtos de origem animal, claro que em algumas vezes há sofrimento, mas nem em todas as vezes, como muitos acreditam.

O sofrimento aos animais não é causado apenas pela mão do homem. Na natureza, animais acabam se dando muito mal, principalmente quando viram refeição de outros animais, ou são feridos e/ou mortos em confronto com outros animais, seja na luta para conquistar uma fêmea, para impedir que um animal invada seu território ou por outro motivo.

Muitos veganos que possuem animais de estimação, como cães e gatos, não os alimentam com rações feitas com ingredientes de origem animal alegando as mesmas coisas que alegam em relação aos produtos de origem animal para humanos. Acontece que os cães e os gatos necessitam ainda mais do que nós de proteína animal em suas alimentações. Necessitam também de tomar vacinas, que são produzidas e testadas em animais. Na minha opinião, deixar de vacinar um cão ou um gato é praticamente um mau trato ao mesmo, já que o deixa de imunizar contra doenças perigosas para a saúde dele. E imagine só um vegano desse tipo alimentando um leão, que come cinco quilos de carne por dia, no zoológico. O leão iria morrer de fome ao lado de um pote cheio de soja. Se depender dos veganos, todos os animais virariam herbívoros, aí a superpopulação de animais das mais variadas espécies comeria solta, já que não haveria mais predadores naturais para nenhum animal, o que causariam um desequilíbrio ambiental de proporções bíblicas.

Para terminar, existem algumas pessoas que não comem carne por motivos religiosos, dizendo que Jesus não comia carne. Jesus comia carne sim, comia peixe, e peixe também é carne. É tão carne quanto uma vaca. Nem Jesus era vegano.

É essa a minha opinião acerca do veganismo. Vou encerrando este post com dois links, um para uma notícia que saiu esses dias de um médico recomendando o consumo de carne e recomendando o não consumo de salmão, pois este peixe está contaminado com metais pesados:

http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2012/01/salmao-e-um-dos-cinco-peixes-cancerigenos-afirma-oncologista.html

E outro afirmando que uma dieta vegetariana causa atrofia muscular e pode deixar a pessoa paraplégica (estranhamente, esta afirmação está em um site pró-vegetarianismo, mas há um debate nesse mesmo link sobre o tema, entre os membros do fórum):

http://www.centrovegetariano.org/index.php?print=1&message_id=2923

Até o próximo post, que provavelmente será também polêmico, mas não tanto quanto este aqui.

Anúncios

43 Respostas to “Por que o veganismo não faz sentido algum”

  1. mardin Says:

    sua opnião,esta errada,ninguem precisa comer carne ,é claro que tudo isto foi criado para favorecer o bolso e interesses (digo dinheiro!)essa matança de animais é totalmente imbecil,alem do que a carne é sim cancerigena,todos que eu conheço que estavam com cancer e deixaram de comer (bicho morto)que por sinal putrefa no seu intestino ,eliminaram as toxinas dos seus organismos,a menos que :o ser humano queira e continue desumano,o que pessoalmente eu tenho certeza que a evolução é inevitavel,e em breve as pessoas ,mudarão seus conceitos a respeito desses animais assassinados em massa,o que parece um filme de horror e crueldade,não lembro de jesus ter dito para matarmos esses filhos da criação ? nada encontrado nas .muita luzescrituras ,e nem um filosofo ou avatar ou mensageiro da luz ,garanto que quando vão ser executados estão apavorados,bem!nunca vi um porco ou um boi ficar feliz por ser assassinado.e o pior quem ingere fica com a vibração do pavor do momento em que o animal foi morto(pesquise) e não espere para sua celulas começarem a degenerar.muita luz

  2. Não existem opiniões certas nem erradas, o que há são opiniões.

    E eu não vejo embasamento científico nisso que você escreveu. Quando vejo o que os cientistas tem a dizer sobre o assunto, mesmo eles não tendo ligação com a indústria da carne, o discurso deles não é favorável ao veganismo.

  3. Allan,argumentar sobre questões de nutrição humana,na minha opinião,não é algo muito produtivo quando estamos discutindo com veganos,pelo motivo de que a tecnologia desenvolve-se a cada dia,e não duvido que daqui a algumas décadas os seres humanos nutram-se apenas de vegetais e substâncias sintéticas,não que,por causa disso eu vá deixar de alimentar-me de carnes,mas usar esse argumento para essa discusão,não parece ser muito interessante para mim.O que mais me assusta na ideologia vegana é o fato deles serem contra a criação de animais em cativeiro,vou explicar o por que de minha preocupação noutra hora,agora tenho que sair do local onde acesso este computador e não disponho de computador em casa.

  4. Eu também gostaria muito de que as pesquisas científicas acerca da criação de carne em laboratório prosperassem a ponto de suprir toda a demanda mundial de carne, assim não seria mais necessário matar animais para a alimentação humana. Já existem pesquisas científicas em andamento, utilizando células tronco para gerar a carne, já conseguiram alguns resultados preliminares, mas nada em escala industrial.

    Espero a conclusão do seu comentário em breve.

  5. escrevi “alimentar-me”,o correto é me-alimentar,bom Allan,o fato de mim ter escrito que usar o argumento da nutrição humana pra discutir com veganos não seja algo interessante para mim,não quer dizer que sou contra o abate de animais pro consumo humano e de pets,com exeção à produção do vitelo e do patê,pois ambos implicam grande sofrimento a bezerros e patos,até por que na minha opinião cães e gatos devem ser alimentados não só com ração de origem animal,mas com pedaços de carne mesmo,fazendo isso estamos respeitando seus instintos carnívoros,veganos alegam que dando ração sem componentes de origem animal pra seus pets,estes tornam-se veganos também,que coisa,não?deixem então o gato vegano deparar-se com um pássaro ou rato que ele demostrará como segue fielmente esta doutrina.Bom,na minha opinião,o grande absurdo da ideologia vegana é o fato deles quererem obrigar os demais a seguirem seus preceitos,veganos alegam que aves domésticas,bois,cabras e quase todos os outros animais que não sejam cães e gatos devem ser livres da exploração humana e sua reprodução interrompida,ou seja,defendem que populações colossais de galinhas,patos,perus,codornas,bois,cabras,porcos e afins sejam extintas,e olha que isso tudo é em nome do amor aos animais,absurdo total.Os veganos afirmam que os únicos animais aptos ao convívio humano são cães e gatos e os demais que tiveram sua carga genética modificada para uma melhor aptidão ao convívio e suprimento de necessidades humanas e consequentemente não podem ser reintroduzidos no seu habitat natural,devem ter sua reprodução erradicada,pois sua manutenção no ambiente doméstico implica em crueldade com os mesmos,na minha opinião,o problema todo está no fato de que os demais animais não podem ser confinados em apartamentos e submetidos à personificação que os veganos impõem a cães e gatos em nome da supervalorização dos mesmos.Todavia há veganos ainda mais radicais que defendem o fim total da domesticação de animais,logo,também defendem à extinção de cães e gatos.Allan,se o mundo ficar a cargo dessas pessoas,onde você acha que vamos parar?

  6. Continuarei escrevendo minha opinião neste outro espaço,por que acho que blog’s não aceitam comentários muito extensos.Bom,continuando.Na minha opinião,o conceito de proteção aos animais e direito de igualdade e justiça entre humanos dos veganos é denotado por inflexibilidade e autoritarismo em benefício próprio,pois eles dizem por exemplo,que não se pode criar galinhas e pássaros presos,pois é politicamente reprovável manter-mos animais em cativeiro,como então,eu que sou criador de galinhas e no meu caso para à ornamentação,não exploro sequer seus ovos,eu os utilizo para à adubação das plantas de meu quintal quando não são utilizados para à reprodução de minhas aves,que aliás às considero os dromeossauros de Jurassic Park,é isso mesmo,fico endoidando de tratador de Parque dos Dinossauros,mas como é que efetuarei fluxos gênicos com os demais criadores de galinhas se quase que não haverá criadores na cidade?pois quase todos os outros criadores que conheço têem suas aves presas nem que parcialmente.bom agora pergunto aos veganos,sendo isso éticamente errado,também não será incorreto manter-mos gatos e cães confinados em apartamentos,obrigados a comerem ração insenta de carnes,contrariando assim seus instintos carnívoros e ainda por cima castrá-los e vestí-los como se fossem crianças,sabe-se lá se eles gostam disso de fato,dar-lhes banhos excessivos,sendo que no caso dos gatos,eles nem gostam de banhos,então isso é correto?os veganos que gostam da companhia de pets argumentarão dezenas de justificativas pra defenderem o direito à tutela de seus bichinhos,mas atacarão irrevogavelmente às pessoas que preferem criar aves,que conveniente não?onde está o direito de igualdade do homem nisso?ah,e isso sem contar que os veganos estarão na elite da sociedade e continuarão a pisar em cima das classes inferiores,ou alguém já viu um vegano pobretão?acreditar que a realização do abolicionismo animal trará consigo o fim da desigualdade socioeconomica é pura utopia!!!.Veganos desconsideram o fato de que se não fosse pelo sucesso da avicultura e pecuária de bois,ovelhas,cabras e porcos,provavelmente hoje não existiriam tantos cães e gatos em estado doméstico para o seu deleite psíquico,talves essas duas epécies hoje,fossem apenas mais duas na lista de animais extinguidos pelo homem.Querer defender animais de crueldades é uma coisa,mas querer impôr opiniões de direitos animais de formas extremas é outra bem diferente,não é coerente extinguir espécies para vê-las livres do cativeiro,desde que o mesmo respeite os deveres básicos à manutenção dos animais,não é correto acabar com a exploração alimentícia de animais sendo que o destino dos mesmos será à inutilidade e consequente extinção.Querer impôr esse modelo de convívio com o ambiente ignorando à opinião dos demais seres humanos denota-se por inflexibilidade,autoritarismo e senso de domínio sobre os recursos naturais e os demais semelhantes,veganos têem de lembrar que não estão sosinhos nesse mundo e as outras pessoas também tem interesses de igual importância.Outra falha minha,escrevi;não é coerente extinguir espécies para vê-las livres do cativeiro.Se uma espécie é extinta,não se poderá vê-la de nenhuma forma.Óbvio.

  7. Espero que não te irrites comigo,Allan,mas escrevo novamente pra corrigir algums erros gramaticais e uma alegação infeliz.Escrevi errôneamente “exeção”,e o correto é exceção,escrevi “manter-mos”,e o correto é mantermos,escrevi “insentar”,e o correto é isentar,escrevi “BLOG’S” e o correto é blogs.Quanto ao termo usado por mim no segundo comentário;(às considero os dromeossauros de Jurassic Park),fato é que o filme Jurassic Park não apresenta o dromeossauro,o dromeossauro é uma espécie,o que o filme apresenta são dromeossaurídeos,que é um gênero,li noutro dia,em um site sobre esse filme,que os terópodes denominados de Velociraptor mongoliensis,apresentados pelo filme têem dimensões físicas maiores que os da espécie encontrados na Mongólia,e que a denominação mais adequada aos raptores do filme seria deinonicos,cujos fósseis foram encontrados nos EUA.No mais,me desculpe pelas demais moléstias.

  8. Cissa Says:

    Bem, opinião é opinião. Fato.
    Mas, para que formemos a nossa e possamos defender alguma tese, precisamos de CONHECIMENTO.
    Vejo que você pesquisou pouquíssimo sobre este tema, chegando até mesmo a ter uma opinião de mero senso comum. Um exemplo disto é o fato de que Hitler não era vegetariano. Pesquise mais profundamente sobre o assunto, essa é uma das grandes mentiras difundidas pela grande mídia.
    De qualquer forma, você não pode entender todas as razões que levam alguém a ser vegetariano/vegano, pois existem muitas, muitas mesmo!
    Não é pretensão de nenhum vegan viver sem causar sofrimento a animal algum. Veganos querem minimizar o problema, o máximo possível.
    Quanto a viver sem carne, sim, é possível. Bem como não há médicos pregando o veganismo, os mesmos também não condenam (só mesmo aqueles nem um pouco profissionais, pois não estudam sobre o tema). Até hoje nenhum médico me orientou a voltar a comer carne e eu conheço diversas pessoas que vivem muito bem assim, sem carne, há anos.
    Enfim… dê uma pesquisada maior sobre o assunto. Não é porque aconteceu uma fatalidade com um vegetariano (e o mesmo voltou a comer carne) que o resto de todos nós vamos adoecer também.

  9. Eu não pesquisei pouquíssimo sobre o tema, antes de escrever o post, pesquisei bastante sobre o tema, principalmente o que os profissionais da área da saúde diziam sobre o mesmo.

    Quanto a viver sem carne, até é possível, desde que compense a falta da vitamina B12 e carnetina com suplementos vitamínicos que são testados em animais ou de origem animal, ou ambos.

    O Dráuzio Varella é um dos médicos que condenam o boicote à carne. Outro é o referenciado pelo link nesse mesmo post.

    Sobre Hitler não ser vegetariano, poderia me dizer suas fontes?

    Ah, sim, sugiro dar uma pesquisada maior sobre o tema, pelo menos o mesmo tanto que eu pesquisei.

  10. Danielle Says:

    Cara , qualquer um come o que quer !!
    sua opinião na minha vista é uma merda e foda-se .
    pode me chamar de mal educada mas pelo menos eu não mato ou uso os animais para consumo próprio .

  11. Obrigada pelo seu post. Eu concordo sobre a vitamina B12, o vegano e até mesmo o vegetariano tem que tomar cuidado com a carência de B12 sim, é muito sério isso. porém é errado pensar que você vai morrer de doenças causadas por carência de B12 porque virou vegano ou vegetariano, você deve suplementar sua dieta com vitamina B12 e tudo resolvido. Você encontra vários leites de origem vegetal fortificados com B12 ou suplemento vitamínico mesmo. Eu pesquisei muito, e como você mesmo disse vitamina B12 é produzida por bactérias, com as sintéticas não é diferente.

    Agora vamos ser sinceros, veganos tem maior dificuldade em consumir vitamina B12, e realmente temos uma preocupação com a crueldade animal. Porém se você parar e pensar na dieta de pessoas despreocupadas com o que comem, colesterol, câncer, problemas do coração, diabetes, entre milhares de outros que podem ser causados pela má alimentação, eu prefiro continuar vegan, tendo minha parte na tentativa da diminuição dos maus tratos e crueldade aos animais por parte de consumo de produtos.
    Agora chamar de hipocrisia acho um pouco radical. Me parece mais com a vontade de criar um post polêmico, com pouca informação do que qualquer outra coisa.

    Sucesso e saúde!!

    Videos e sites que acho interessantes

    http://www.vegansociety.com/lifestyle/nutrition/b12.aspx
    http://www.guiavegano.com.br/nutricao/b12/indice.html

  12. Eu considero o veganismo uma hipocrisia pelos motivos mencionados neste post (ainda mais do fato da vitamina B12 precisar ser processada por bactérias presentes no sistema digestivo de animais), não pelo fato de fazer o post ser polêmico.

    Colesterol, câncer (lembrando que câncer é uma denominação genérica de mais de cem doenças que têm em comum o fato de causarem a multiplicação desordenada de células), problemas do coração, diabetes, entre milhares de outros problemas que podem ser causados pela má alimentação não necessariamente são causados por carne vermelha. E já vi casos de pessoas que não comem carne e que adoeceram por má alimentação. Ou seja, má alimentação nada tem a ver com o consumo ou não de carne. Tem a ver com comer em fast-food direto (lanches no almoço como uns conhecidos jeus fazem), tomar refrigerantes em demasia, comer excesso de gordura animal, etc. Mas não com a ingestão ou não de carne.

  13. Acho que voçês deviam ter mais humildade quando dizem o que está certo ou errado e falam de boca cheia como se fossem cientistas, no que toca à consciência das plantas ainda muito pouco se sabe, mas as recentes descobertas revelam que as plantas são seres conscientes e muito mais fascinantes do que alguma vez imaginámos, como é que este tipo de inteligência opera sem um cérebro, isso ainda não se sabe, mas está provado que, entre outras coisas, as plantas reconhecem os seus irmãos, a mãe cuida dos seus filhos, diferentes espécies comunicam e interagem entre si, etc, para aprender estas e outras coisas basta seguir o link:

  14. Você deu sua cara a tapa, e eu acho isso muito corajoso e louvável. Eu partilho da sua opinião, precisamos sim de proteína animal ela é nossa fonte construtora de tecidos. Acho que esse pessoal faltou na aula de cadeia alimentar, de primatas viramos “anjinhos da Terra” transmutando nossa necessidade de proteínas e então mutaremos pra conseguirmos “quebrar” celulase? tanta hipocresia…
    Deve sim ter um consenso para menor sofrimento dos SERES vivos, termos respeito com nossos dentinhos caninos e molares bem como pra nosso prato de cada dia. Mimados! Nesse mundo de faz de conta que querem criar, não existe sofrimento, não existe cadeia alimentar, onde querem que você fale bom dia para pulgas, carrapatos e piolhos doando seu sangue em prol dos pequenos animais. Beira ao ridículo… Eu amo os animais, mas não me sinto superior de camuflar minha essência de predador, dentes, olhos frontais e pernas boas para correr. Acordem! Racionalidade não foi apenas para ter pena e sim saber sobreviver e ter consciência da sua condição humana.

  15. Daniel Says:

    Parei de ler quando você começou a dizer que vegetarianismo e veganismo é hipocrisia! Sofrimento dos vegetais? Você só pode estar brincando! Bom, vamos lá contra-argumentar! Primeiro eu quero deixar claro que esse seria o melhor argumento contra o vegetarianismo, mas até ele consegue ser refutado, deixando pessoas sem informações nenhuma como você quietas! Está certo que estudos comprovam que plantas/vegetais “respondem” a estimulos musicais, positivos, negativos e etc., mas me diga uma coisa: como eles podem sofrer se eles não tem sistema nervoso central? O sofrimento é uma característica própria de seres que tem sistema nervoso central, você deveria saber disso antes de ficar acusando os vegetarianos e veganos de hipocrisia! É obvio que não estou, em hipótese alguma, falando para cortarmos e devastarmos as plantas e árvores, afinal elas produzem oxigênio e absorvem toneladas de dióxido de carbono! Estou falando que nós, os vegetarianos e veganos, não somos hipócritas! Agora darei a minha opinião: acho que você tem raiva cega dos vegetarianos por um motivo que você considera certo, afinal é característica própria do ser humano acusar os outros só para se sentir confortável com algo que você viu/ouviu falar que é errado (nesse caso, se alimentar de carne)! Na verdade, eu tenho pena de você por conta de um motivo pessoal ficar julgando os vegetarianos e veganos! Não nos achamos superior a ninguém, se você acha que achamos que somos superiores, então no fundo é VOCÊ que nos considera superiores! É isso, então! Não julgue apenas por sua opinião!

  16. E você acha que o sistema nervoso é o único mecanismo de sensibilidade que existe entre os seres vivos?

    Não tenho nenhum motivo pessoal, isso foi uma suposição sua.

    Sobre não julgar, não houve julgamento algum, e sim a emissão de uma opinião em um blog de minha propriedade, opinião essa baseada nos meus conhecimentos empíricos e na minha percepção do mundo. Eu é que peço para que não julgue sem me conhecer, achando que eu tenho algum motivo pessoal.

  17. Ser Vegano querido irmão Allan, não é uma questão religiosa no sentido mistico e insano dos Cristãos Romanos! Se for no sentido de religar o ser humano a sua real natureza universal… aí sim pode-se chamar o veganismo de religião! Não somos carnívoros por natureza! Não temos caninos longos, não temos garras, não temos mastigação limitada horizontal, a carne quando entra em nosso organismo deixa o sangue ácido, e para combater essa acides de nossos ossos é liberado o fosfatos, que por sua vez vai enfraquecendo o mesmo!! O que temos hoje é uma população doente por comer o que não deveria comer tanto por questões éticas em relação ao sofrimento de nossos companheiros planetário, quanto por questões físicas e biológicas já que o egoismo implantando em nosso DNA é gritante!!! Paz e luz Allan

  18. Se ainda te faz bem irmão, Continue alimentando os corredores da morte de animais indefesos que nada podem fazer contra seus destinos tirano e continue amando somente os cachorros e outros animaizinhos de estimação, já é alguma coisa!!! espero que vc venha encontrar o real amor universal por tudo e por todos racionalmente!! grande abraço

  19. Somos onívoros.

  20. Pablo Says:

    O que não consigo entender é do que adianta, algumas pessoas não comerem carne, mas matarem um alface por dia, não plantarem e nem doarem as sementes das frutas que comem para quem possa plantar, pois preferem jogar no lixo, são cheios dos moveis em casa e ainda se dizem diferentes dos que comem carne…

  21. Aplausos Pablo! Elionai esqueceu de dizer que excesso de grãos também deixa o “sangue acido”, eu estou dizendo que vegetarianos/veganos se acham superior por não se alimentar de proteína animal, depois vem usar de psicologia “barata” e informações limitadas. Bem é a moda da vez. Alimentação não nós faz superiores ou inferiores é apenas sobrevivência. E cada um escolhe o que é melhor para sí, mas se for falar em questões biologicamente corretas, eu vou ser obrigada a discorrer meus conhecimentos . Sem mais!

    Ps.: acidez é com Z, Elionai

  22. oi…

    mas gostaria de dizer q quem sabe inglês ou italiano poderia ler livro The China Study de T. Colin Campbell, Thomas M. Campbell . Estudos de 27 anos comprovados de como todos os tipos de carne e derivados dos animais sao prejudiciais a nossa saude o pq de todas essas doencas, principamente todos os tipos de cancer…de como as casas farmaceuticas nos querem doentes e muitas coisas por de tras de tanta grana….

    PS: Allan Taborda como vc diz a pagina è sua..mas acho vc um pouquinho raivoso qdo responde as pessoas q vem fazer visita na tua pagina….. :) Allan Taborda Allan Taborda ser gentil è um ato dos carnivoros e dos naos …..
    abracos

  23. Camila Says:

    Em algumas situações podemos opinar, mas escrever inverdades sem base não é opinar. Você disse que o veganismo não possui embasamento científico nenhum, gostaria de te mostrar que você está errado quanto a essa afirmação. E também gostaria de te pedir as indicações do material científico no qual você se baseou para escrever esse post, principalmente a parte das plantas sentirem dor (e lembrando que a revista Veja não está na categoria científico, rs). Eu estudo bastante o tema e não quero deixar nada passar.

    Vegetais não sentem dor pois não possuem sistema nervoso. Isso não é a minha opinião. É um fato. Você pode estudar biologia se tiver alguma dúvida quanto a esse tópico. Qualquer professor de biologia pode sanar essa dúvida ;)

    Outro fato é que seres humanos não precisam de proteína animal para serem saudáveis e bem nutridos. Na verdade, alimentos de origem animal possuem proteínas em excesso que fazem mal ao organismo humano. O leite de vaca possui quatro vezes mais proteínas do que o leite humano, pois é elaborado pelo organismo da vaca para que seu bebê dobre de peso em cerca de 40 dias. Isso não é um benefício, está prejudicando a saúde das nossas crianças. Por isso tantas crianças são levadas à obesidade. Além disso, o excesso de consumo de leite está ligado à formação de pedras nos rins e na vesícula e, sim, à osteoporose. O cálcio presente no leite não é completamente absorvido pelo nosso organismo, pois embora rico em cálcio o leite bovino é pobríssimo em magnésio (nutriente importante para a fixação do cálcio). E também porque o consumo de leite e outros alimentos de origem animal torna o ph do nosso sangue ácido, isso não pode se manter por muito tempo pois nos levaria a morte, então, para alcalinizar o sangue nosso corpo utiliza o fitato e o cálcio presente nos nossos ossos. Isso é científico, você pode conferir no livro “Galactolatria” da Dr. Sonia T. Felipe.

    Ainda tem o aspecto ambiental. A própria Onu recomenda uma mudança global para a dieta vegana, pois o consumo de carne e laticínios também é o maior causador de diversos problemas ambientais, como o desmatamento e os gases estufa que estão destruindo a camada de ozônio. Você pode conferir aqui: http://bibliotecaonu.wordpress.com/2010/06/17/onu-recomenda-dieta-vegana-para-combater-mudanca-climatica/ PS: no artigo tem um link para o relatório da Onu.

    Por fim, você cometeu um erro conceitual, mas é compreensível pela sua falta de conhecimento no assunto. Veganismo não se limita a alimentação. É um movimento pela libertação animal que boicota na medida do possível qualquer produto que contenha ingredientes de origem animal, seja ele cosmético, alimentício ou de vestuário. Além disso, produtos que sejam de empresas que façam retrógrados e cruéis testes em animais. Na medida do possível pois a nossa sociedade funciona a partir da exploração e escravização de outras espécies, quem é vegano procura se abster dessa cultura cruel o máximo possível. E, além disso tudo, não consumir carnes, ovos, leite e mel. Quem apenas não tem esses itens na dieta é o vegetariano estrito. Os que consomem ovos e laticínios, mas não consomem carne são ovo-lacto-vegetarianos. Os que consomem laticínios, mas não consomem carne, ovos e mel são lacto-vegetarianos. Os que consomem ovos, mas não consomem carnes, laticínios e mel são ovo-vegetarianos. E, por fim, os que consomem mel, mas não consomem carnes, laticínios e ovos são api-vegetarianos. Não existe vegetarianos que consumam peixe. E muito menos pessoas que se abstém de comer carne vermelha, mas consomem os outros tipos, podem ser consideradas vegetarianas.

  24. Camila Says:

    Sobre a criação de galinhas, procure se informar mais também. Quem dera a maior crueldade feita a elas fosse manter as luzes artificiais acesas para que elas pensem que é sempre dia. As galinhas poedeiras são mantidas em espaços minúsculos que não lhes permite sequer abrir as asas, isso faz com que elas atrofiem. Além disso, o estresse a que são submetidas pela falta de condições para viver a sua vida normalmente faz com que as galinhas desenvolvam comportamento agressivo atípico na sua espécie. Para evitar que as galinhas machuquem ou matem umas às outras, os criadores tiram parte de seus bicos com elas conscientes.

    E essa história de que os animais são abatidos já desacordados é apenas estória (com “e”, como os contos de fadas). Isso só é regra para as fazendas que fazem o abate “humanitário”, que são minoria no Brasil. O mais usual é que os animais tenham que passar pelo corredor da morte em fila, sem ter como recuar e com alguém os obrigando a seguir em frente. Levam um golpe na cabeça e depois são pendurados de cabeça para baixo para então serem decapitados.

    Se você tem uma opinião de que o veganismo é isso ou aquilo, ou melhor se você tem uma opinião sobre qualquer assunto, defenda-a com argumentos verdadeiros. Se você não encontrá-los é melhor não tentar propagar mentiras para defender a sua opinião, pois quem acaba passando vergonha é você. E se você realmente acredita em cada palavra do que disse, nunca é tarde para se informar.

  25. “Estudos de 27 anos comprovados de como todos os tipos de carne e derivados dos animais sao prejudiciais a nossa saude o pq de todas essas doencas, principamente todos os tipos de cancer”

    Que estudos seriam esses? O tal livro citado é uma fonte fiável ou é escrito por um vegano, que tende a ser parcial conta a carne e produtos de origem animal?

    “Allan Taborda como vc diz a pagina è sua..mas acho vc um pouquinho raivoso qdo responde as pessoas q vem fazer visita na tua pagina”

    Impressão sua, esse é o meu jeito normal de falar com as pessoas.

    “Vegetais não sentem dor pois não possuem sistema nervoso. Isso não é a minha opinião. É um fato.”

    Mesma resposta que eu dei para outro comentário: E você acha que o sistema nervoso é o único mecanismo de sensibilidade que existe entre os seres vivos?

    Sobre fontes, segue uma:

    http://www.altosestudos.com.br/?p=52568

    Além disso, os Caçadores de Mitos também confirmaram a sensibilidade das plantas:

    http://evolutionbody.blogspot.com.br/2008/06/as-plantas-tem-sentimentos.html

    Sobre biologia, a mesma confirma que somos onívoros, assim como os chimpanzés (que inclusive comem gorilas) e ao contrário dos gorilas, que tem o dobro do tamanho do nosso estômago para poder absorver melhor as chamadas proteínas incompletas, que são as de origem vegetal e não são muito bem absorvidas pelo nosso organismo, nem pelo dos chimpanzés.

    Ainda sobre o sistema nervoso, vermes e esponjas marinhas também não possuem sistema nervoso, e os veganos também encasquetam com a alimentação desses animais. Ou vegano come larvas?

    “Outro fato é que seres humanos não precisam de proteína animal para serem saudáveis e bem nutridos.”

    Falso, as proteínas vegetais não são bem absorvidas pelo nosso organismo. Ou temos estômago de gorilas?

    Sobre o relatório da ONU, o link dá erro 404, o que dá a entender que o mesmo não existe, até porque os documentos da ONU não costumam ser deletados, ficam anos a fio para consultas públicas.

    “Na verdade, alimentos de origem animal possuem proteínas em excesso que fazem mal ao organismo humano. O leite de vaca possui quatro vezes mais proteínas do que o leite humano, pois é elaborado pelo organismo da vaca para que seu bebê dobre de peso em cerca de 40 dias.”

    Mais uma invenção de vegano, isso é mentira, e se isso fosse verdade, adoeceríamos muito rápido tal qual qual adoece alguém com excesso de algum nutriente, como o ferro. E tal afirmação não possui embasamento algum.

    “Por isso tantas crianças são levadas à obesidade. Além disso, o excesso de consumo de leite está ligado à formação de pedras nos rins e na vesícula e, sim, à osteoporose. ”

    A obesidade é causada por excesso de calorias, que provém das gorduras e dos carboidratos em excesso (carboidratos são digeridos mais rápido que as proteínas e saciam menos, levando as pessoas a comerem mais). Sobre pedras nos rins e vesícula, e osteoporose, não há estudos que comprovem isso, e se isso de osteoporose fosse verdade, veríamos mais crianças com osteoporose do que idosos, visto que as crianças consomem muito mais leite do que os idosos. E um livro chamado Galactolatria (nome tendencioso) não deve ser levado a sério como fonte fiável.

    “E também porque o consumo de leite e outros alimentos de origem animal torna o ph do nosso sangue ácido”

    O leite é alcalino. Lembra do Beakman?

    “Por fim, você cometeu um erro conceitual, mas é compreensível pela sua falta de conhecimento no assunto. Veganismo não se limita a alimentação. É um movimento pela libertação animal que boicota na medida do possível qualquer produto que contenha ingredientes de origem animal, seja ele cosmético, alimentício ou de vestuário.”

    O post é sobre alimentação, logo, apenas alimentação é tratada aqui. E se fosse tratar de tudo que o veganismo representa, ia ficar ainda mais feio para o veganismo, visto que, segundo essa filosofia sem embasamento científico, nós deveríamos morrer de câncer devido às terapias contra o câncer terem sido todas testadas em animais, além de não podermos tomar vacinas.

    “E essa história de que os animais são abatidos já desacordados é apenas estória (com “e”, como os contos de fadas). Isso só é regra para as fazendas que fazem o abate “humanitário”, que são minoria no Brasil. O mais usual é que os animais tenham que passar pelo corredor da morte em fila, sem ter como recuar e com alguém os obrigando a seguir em frente. Levam um golpe na cabeça e depois são pendurados de cabeça para baixo para então serem decapitados.”

    Já ouviu falar de carne com garantia de origem, da legislação vigente sobre abate de animais? Não acredite em tudo o que mostra os sites veganos. Eles são tendenciosos.

    Bom, é isso. Desculpe pela demora na resposta, pois ando bastante ocupado. E se quiser continuar a debater, fique à vontade.

  26. Silvio Says:

    Gostei do Post Allan.

  27. ramiro Says:

    Ta certo o autor do post. Veganismo é uma outra forma de idealismo. É a covardia de viver o mundo real, talvez diria Nietzsche se vivesse hoje.

  28. Pedro Conrado Says:

    Olá Allan,
    Compartilho seu ponto de vista e gostaria de acrescentar algo. Já pensou nos milhões de hectares que são necessários para a cultura da soja? Dados da Embrapa (2013/2014) falam em mais de 30 milhões de hectares de terra, sendo o Brasil o segundo maior produtor mundial. Será que os veganos não se importam com o desmatamento, que aumenta a cada ano, para que a produção continue crescendo? Acho que o desmatamento da floresta Amazônica no Mato Grosso (maior produtor de soja do Brasil) não é relevante para os hipócritas veganos.

  29. roberto-cecconello Says:

    Uma-coisa-e-certa-e-acho-que-todos-concordam–Ao-passar-fome-de-verdade-fome-mesmo-daquela-que-não-se-tem-nada-para-comer….Acredito-sim-que-somos-capaze-de-comer-qualquer-coisa—MATO-BOSTA-CARNE-DE-HUMANO-OU-OUTRA-QUALQUER—-SABE-PORQUE?—SE-NÃO-COMER-MORRE—QIEM-QUER-MORRER?—-NÃO-SE-TRATA-DO-ALIMENTO–CARNE—VEGETAL—OU-SEJA-LÁ-OQUE-FOR—E-SIM-DE-SOBREVIVER—SE–NÃO-COMER–MORRE-DE-INANIÇÃO—HORRIVÉL—AOS-VEGANOS-E-AOS-CARNIVOROS–EU-FALO–NINGUÉM-É-DONO-DA-VERDADE–POIS-A-VERDADE-É-ÚNICA–SE-NÃO-COMER–MORRE—-EU-SOU-MAMIFERO–LEITE-E-COMO-DE-TUDO–E-JÁ–PASSEI–FOME–MUITA-FOME–SABE-QUAL-FOI-O-ALIMENTO-QUE-COMI–QAUNDO-PUDE—-OVO–NUM–PEDAÇO-DE-PÃO–E-ACREDECI-AO-MISTERIOSO-POR-ISSO–E-SINCERAMENTE–ESPERO-NUNCA-MAIS-PASSAR-FOME–ENTÃO-VEGANOS–IDIOTAS–PASSEM-FOME-DE-VERDADE–AI-VOCES-VERAM-QUE-SERAM-CAPAZES-DE-COMER-ATÉ-A-MÃE–HIPÓCRITAS—VÃO–NAS-FAVELAS-E-VEJAM-AS-CRIANÇAS-OS-IDOSOS–QUE-NÃO-TEM-O-QUE-COMER–OU=NAS-RUAS-DE-MADRUGADA-E-VER-OS-SEMTETOS—DEEM-A-ELES-QQUALQUER-ALIMENTO–E-OLHEM-NOS-SEUS-OLHOS—E-VERAM-SUAS-ALMAS.–DESAFIO—FIQUE-DOIS-DIAS—-DOIS-DIAS-APENAS–E-VERAM-OQUE-É-FOME—DEPOIS-IMAGINE-MAIS-DIAS—COMERAM—QUALQUER-COISA–MESMO—E–OUTRA—-CUREI-UMA–FERIDA-FEIA–COM–PRÓPOLIS–QUE-NENHUM-ANTIBIOTICO-CUROU-E-TOMEI-POR-DOIS-MESES—O-PRÓPOLIS-SECOU-EMUMA-SEMANA-E-CUROU-EM-DE-VEZ-EMUMMÊS–VEGANOS-PASSEM-FOME-TENTEM–QUEMSABE-VOCES-CONSIGAM-VIVER-DE-LUZ–SÓ-SE-FOR-DO-SOL–PORQUE-DA-OUTRA-VAI-SER-DIFICIL;

  30. Abigail Cunha Says:

    Concordo 100% com você.
    Comer carne e derivados de animais não significa e NUNCA vai significar ser favorável ao maltrato a animais.
    “Faço minha parte, não me alimento do sofrimento de outros animais”.. Isso não faz sentido algum. É o mesmo que protestar pela fome na africa parando de comer, protestar contra o terrorismo apenas não sendo um terrorista.
    Parar de comer carne não vai fazer com que parem os mal tratos a animais, isso não é fazer sua parte é se esquivar do problema é “tirar o seu da reta”.

  31. Anne RIbeirri Says:

    Interessante que alguns de vocês nos comentários levam em consideração apenas partes do que foi escrito no post, contra-argumentam sobre certas coisas e esquecem do resto que foi dito para embasar uma opinião.

    “Veganos e vegetarianos não são hipócritas porque plantas não sentem dor, você só está com raiva”. Obviamente, não foi só esse o argumento usado por Allan, um vegano é hipócrita pois ja foi vacinado, faz uso de medicamentos, ja fez tratamentos médicos, usa Shampoo, sabonete, cremes, etc, todos os citados testados em animais (animais estes presos em locais pequenos, recebendo vírus, drogas, toxinas.. podendo morrer a qualquer instante).
    Criando uma falsa ilusão de serem mais justos e se tornando cada vez mais hipócritas.

    “Não somos carnívoros (não, somos ONIVOROS), não temos dentes pontiagudos (tinhamos. E não deixamos de ter porque não precisamos e carne, deixamos de ter porque não precisamos rasgar e cortar os alimentos com a boca mais)”. Se humanos fossem herbívoros, nasceríamos preparados para isso, não precisaríamos “repor/suprir” a falta de nada.

  32. Jean hiv Says:

    Concordo vom você, pura hipocrisia. E quem quiser discordar do que vou dizer pode ficar a vontade, afinal todos tem sua opinião. Bom, animais matam-se todos os dias na natureza porque estão inseridos na cadeia alimentar. Não é porque somos “racionais” que podemos nos dar ao luxo de achar que não estamos nesse meio. Vegetais também estão nesse processo e igualmente possuem vida, e por isso são consumidos pra sustentar outras vidas. Tudo o que existe, opcional de qualquer ser e naturalmente fonte de energia, deve ser consumido pois faz parte de um gigantesco ciclo do planeta e do universo. Isso não inclui as emoções, uma vez que muitas delas tentam cegar o bom senso. Comer carne ou não é opcional, apenas expressei o que é minha opinião.

  33. Adorei o post

  34. HUGO LEONARDO Says:

    Parabéns pelo post

  35. Muito obrigada pelo post! Penso tudo isso há anos mas não tem como dialogar sobre esse assunto com veganos (vide os comentários), então fico quieta. Os comentários da Mell são impecáveis também. Sou nutricionista e sei muito bem de nossas necessidades, de como se deu nossa evolução, de como nosso corpo processa a carne (e me surpreendo com o tipo de “argumento científico” que tiram dos livros vegetarianos). Minha conclusão é que é possível, sim, ter uma dieta completa e saudável como vegano hoje em dia, com a tecnologia e o conhecimento de que dispomos. Assim como é possível ter uma dieta completa e saudável não sendo vegano. É patética essa ideia de que dieta onívora é a mesma coisa que comer fast food o tempo inteiro. Um onívoro pode (e deve) comer todos os vegetais, cogumelos e até substitutos da carne que um vegano come, não precisa se alimentar de produtos animais todo dia ou em toda refeição, e a refeição não se limita a isso.
    Não tenho absolutamente nada contra o veganismo. Cada um faz o que acha melhor para si. Acho até legal ver amigos tornando-se veganos porque isso os obriga a experimentar mais alimentos, sair da zona de consumo em que nossa sociedade nos coloca. Se eles se sentem melhor assim, acho super válido. Uma vantagem que vejo no vegetarianismo, até onde sei, é o impacto ambiental muito menor que o da criação de carne. Entretanto, acho complicada a agressividade que a maioria adota, a raiva por quem não adere ao veganismo, a posição messiânica em que se colocam. Há uma grande arrogância, uma suposição de superioridade ética. Eu até entendo até certo ponto, pois eles estão dispendendo muitos esforços em prol de algo que julgam melhor para o mundo e gostaria que todos fizessem o mesmo. Entretanto, acho que se parece demais com o fanatismo e a pregação religiosas, e devemos aceitar que por razões mais ou menos nobres, nem todo mundo quer se converter. Ninguém é um ser humano ruim só por comer carne, nem bom só por não comer. Não há necessidade de pré-julgamentos, ofensas, ridicularização etc. Devemos aceitar a diversidade, inclusive de opiniões. Todo o exposto aqui foi educado e racional, nada daqueles babacas que falam coisas do tipo “Minha comida caga na sua”.
    Entre post e comentários, achei bem completo, mas só queria acrescentar que nosso organismo não é de carnívoro mesmo. Nem de herbívoro. Não digerimos celulose, como fazem os herbívoros. A hipótese mais aceita para a existência do apêndice é a de que um dia tivemos a parte do intestino que digere celulose, mas que ela foi atrofiando e restou apenas esse pedacinho mínimo. Enfim, temos um organismo de onívoro. Inclusive, só estamos tendo essa discussão porque começamos a comer carne, o que aumentou significativamente nosso cérebro. Se nunca tivéssemos comido carne, não teríamos chegado a este nível de pensamento racional para pesar as consequências de comer ou não carne, militar em prol de qualquer coisa ou escrever posts e comentários. Isso não significa que todo mundo deva ser obrigado a comer carne por isso, só significa que nossa espécie não é naturalmente herbívora. A partir do nosso livre arbítrio, cada um faz o que acha melhor para si e para o mundo, mas respeito é necessário para uma vida em sociedade.

  36. Raslord Says:

    Muito bom o post. O problema com o veganismo não é a escolha particular de cada um, e sim a desinformação acerca do tipo de nutrição humana. Dizer que os seres humanos são vegetarianos por natureza e que a dieta vegana é natural é um insulto à ciência . Os sistemas digestivos dos carnívoros e herbívoros são bem distintos entre si, sendo o dos onívoros um tipo de intermediário.Proteínas de origem vegetal são de baixo valor biológico(poucas proteínas vegetais têm todos aminoácidos essenciais), tem baixa biodisponibilidade(absorção pelo organismo é dificultada), além de que , para nosso organismo absorver nutrientes vegetais com excelência é preciso tratamento térmico em boa parte deles(feijões por exemplo são tóxicos, assim como a macaxeira que podem matar se não forem cozidos).O apelo à emoção também é um problema já que impossível numa escala de produção a nível mundial evitar a perda de vidas animais ou a exploração dos mesmos.O vegano que utiliza computadores, papel,carros, trens, remédios,vacinas,telefone, come vegetais também contribuem para um morticínio, então se quiser amenizar ao máximo o sofrimento animal vá para uma floresta ou savana e abdique de todo conforto que ciência te proporciona, você não merece, vegan chato do caralho!

  37. churrasco é bom demais.

  38. Francisca Says:

    “Cowspiracy” veja e Opine. A criação de gado é a maior consequência para a não sustentabilidade do planeta. Tire suas próprias conclusões

  39. Não acredito em teoria da conspiração, e esse documentário apela para a teorias conspiracionistas.

  40. carla Says:

    Odeio isso.. ate meu filho virou vegano .. aff detestavel.. #gentechatadocaralho#..

  41. Guilherme Says:

    Sou contra qualquer tipo de exploraçao de um ser vivo ate mesmo um inseto,mas nos somos pecadores por natureza e si nao comemos carne por outro lado fazemos mal a alguem ou a um inseto que tambem eh uma vida.isso parece loucura mas faz sentido.uma coisa posso dizer,churrasco é bom de mais.

  42. Yuri Bezerra Sousa Says:

    Só para RETIFICAR

    Errei ao mencionar Marcelo Henrique (desculpa aí Marcelo). Quero dizer Allan Taborda.

  43. Marcela Caruso Says:

    Simplesmente perfeito

Comente este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s